Powered by Rock Convert

A forma mais eficiente de aprender uma língua é estar inserido em um diferente contexto cultural, em que você é obrigado a ouvir e a falar o idioma daquele país o tempo todo. Por isso, quem quer melhorar o inglês precisa considerar a opção de fazer um intercâmbio. O legal nessas situações é fugir de países clichês, como os Estados Unidos e a Inglaterra, e conhecer outras nacionalidades que falem o inglês também, como a Irlanda, que é um dos destinos mais procurados por brasileiros. Mas você sabe como requerer o visto para Irlanda?

Uma boa notícia é que é fácil obter o visto para o país, sendo uma das poucas nações que oferece aos visitantes a possibilidade de estudar enquanto trabalham. Se você tem planos de passear pela ilha verde ou fazer um intercâmbio na Irlanda, antes de arrumar as malas, é importante conhecer a legislação imigratória. Para facilitar seu trabalho, listamos a seguir os principais tipos de vistos para Irlanda. Confira!

Visto para Irlanda é obrigatório?

Assim como acontece para a entrada na maioria dos países integrantes da União Europeia, o visto não é necessário para estudantes e turistas que planejam permanecer no país por até 90 dias.

É necessário apenas ter passaporte com validade mínima de seis meses a partir do momento de entrada no país, passagem de volta comprada, comprovante de acomodação, seguro viagem e dinheiro suficiente para custear os gastos durante a permanência no país.

Nos demais casos e para estudantes que pretendem fazer cursos de duração que ultrapassem os 90 dias, o visto é exigido para qualquer um que não seja cidadão de algum dos países da União Europeia. Vale lembrar que estamos falando aqui da República da Irlanda e não da Irlanda do Norte, que deverá sair da União Europeia após a conclusão do Brexit.

Quais são os tipos de vistos existentes?

O primeiro contato que o viajante tem com a imigração acontece no aeroporto de Dublin. Ali, o oficial da imigração irá questionar o motivo da viagem e o visto equivalente poderá ou não ser concedido, conforme o preenchimento dos requisitos para concessão de cada um deles.

Stamp 0

Esse visto se enquadra no caso mencionado acima, onde turistas e estudantes têm permissão para estadia temporária de, no máximo, 90 dias. Nessa situação é vedada qualquer possibilidade de trabalhar.

Stamp 1

É o visto de trabalho e só poderá ser concedido ao imigrante que possuir uma proposta de emprego de empresa estabelecida na República da Irlanda.

Stamp 1A

Permite ao imigrante atuar como trainee em tempo integral e é concedido para estudantes de cursos de contabilidade. Para mais detalhes, você pode acessar o site do governo irlandês.

Stamp 2

É um visto de estudante com permissão de trabalho. Tem prazo de oito meses e é concedido ao imigrante que comprove o objetivo de frequentar cursos regulares com duração mínima de 25 semanas.

Dá o direito de trabalhar por até 20 horas semanais durante o período das aulas e 40 horas nos meses de alta temporada. Ao desembarcar no aeroporto, é concedido o Stamp 0 e o imigrante tem um mês para reunir uma e apresentá-los à imigração.

Stamp 2A

É um visto de estudante, porém, não concede permissão para trabalhar. Tanto o Stamp 1 quanto o Stamp 2 podem ser renovados apenas duas vezes.

Stamp 3

Geralmente concedido para dependentes ou pessoas que estejam visitando parentes, esse visto permite a permanência no país, mas veda a possibilidade de trabalhar até a data estabelecida pelo oficial da imigração.

Stamp 4

Dá permissão para ficar em solo irlandês até uma data definida e é geralmente concedido aos refugiados, cônjuges de cidadãos irlandeses e viajantes que estejam visitando um familiar de nacionalidade europeia.

Stamp 5

O Stamp 5 não tem data de expiração e é destinado apenas àqueles que residiram legalmente na Irlanda por no mínimo 8 anos.

Stamp 6

Esse visto é concedido aos imigrantes com dupla cidadania, sendo uma delas a irlandesa, e garante a permanência no país por tempo indeterminado.

Praticar o inglês em solo estrangeiro é a melhor forma de se tornar fluente no idioma. O visto para Irlanda é necessário apenas para aqueles que planejam passar mais de 90 dias no território e, mesmo nestes casos, não é difícil obtê-lo.

Aproveitando o tema, que tal descobrir as vantagens de investir em um intercâmbio de férias?