Powered by Rock Convert

Muitos estudantes brasileiros têm o sonho de estudar fora do país, mas são levados a desistir dos planos porque não dominam outro idioma. Afinal, muita gente acredita que para fazer intercâmbio precisa falar inglês fluentemente.

Em vários países onde o inglês é o idioma oficial, existem escolas que ensinam inglês e que estão preparadas para receber alunos falantes das mais diversas línguas. É preciso se preparar para os desafios, mas alcançar os objetivos depende somente da vontade e do desempenho do aluno, como em qualquer outro curso.

Quer saber mais sobre como conseguir fazer um intercâmbio? Então confira algumas dicas fundamentais para alcançar o seu objetivo.

Procure a escola e o curso ideais

Como o objetivo do aluno é aprender o idioma, você não precisa se preocupar em saber inglês super bem. Desde o seu desembarque no país escolhido você terá contato com a língua e aprenderá muito com a convivência.

Os professores e a escola que receberão você, estão preparados para ensinar alunos que não tenham domínio do inglês – nada, pouco ou muito domínio. Toda a didática e estratégia serão responsáveis por ajudar o aluno já no primeiro dia de aula.

É importante que você procure uma boa agência de intercâmbios no Brasil para ter orientação confiável na escolha do país para o qual você pretende viajar, cidade e escola. A ideia é aprender o idioma da forma mais rápida e prática, então um bom direcionamento e orientação farão toda diferença.

Se você já sabe pelo menos um pouco de inglês, fique tranquilo. Chegando na escola você fará um teste de nivelamento que vai mostrar seu nível de proficiência e em qual estágio deverá iniciar os seus estudos.

Aproveite as acomodações para praticar

Todo período que você estiver fora do Brasil deverá ser utilizado para praticar o inglês. Por isso, evite se isolar e prefira as acomodações em casa de família, onde você precisará conversar com pessoas nativas em diferentes situações e elas poderão, além de tudo, te dar dicas muito boas sobre aonde ir, onde comer, o que fazer, para onde viajar e onde comprar.

A dica mais importante é evitar se relacionar com brasileiros e não falar português. Ao encontrar e conviver com pessoas de outros países, todos poderão aprender muito uns com os outros. Muito além do inglês – e essa troca cultural é riquíssima.

Escolha uma empresa que dê todo o suporte

Enquanto você está no Brasil será preciso se matricular e reservar uma acomodação no local que você escolheu para estudar. Uma empresa especializada poderá auxiliar com a burocracia da obtenção do visto e outras documentações. Porém, os cuidados nessa hora não devem se limitar apenas às necessidades antes do embarque.

Opte por uma empresa que esteja disponível para te ajudar com qualquer problema ou burocracias enquanto você estiver realizando o intercâmbio. Por exemplo, dependendo do tempo de duração da sua viagem, você precisará abrir uma conta em um banco, ter um seguro saúde, e muitas outras coisas.

Não desanime

Não existe nada de errado em não saber falar inglês e querer fazer um intercâmbio. Afinal, esse é o objetivo de estudar um idioma fora do seu país: aprender da forma mais rápida e correta como falar uma segunda língua fluentemente. Não importa se você tem 20 ou 50 anos- há escolas para todos os perfis de alunos.

E lembre-se- para que você aprenda e tenha um excelente desempenho não é preciso falar inglês para fazer intercâmbio, é preciso apenas vontade de aprender.

Que tal, gostou deste post sobre a lenda de que para fazer intercâmbio precisa falar inglês? Então entre em contato conosco agora mesmo e conheça as diversas opções de países, cidades, escolas e cursos que vão atender as suas necessidades!

guia-intercambioPowered by Rock Convert