Powered by Rock Convert

O intercâmbio é um sonho que, para muitas pessoas, é algo distante por diversas razões. Um dos motivos que atrapalham o planejamento dessa viagem é a falta de dinheiro e um orçamento limitado. Principalmente quando se trata de uma moeda diferente.

É claro que, estudar fora, não é algo barato, mas intercâmbio é um investimento. Saiba que, o curso certo para você, combinado com o planejamento financeiro, podem resultar na melhor experiência da sua vida!

Primeiramente, você deverá organizar seus objetivos (Baixe nosso GUIA RÁPIDO). Em seguida você deverá fazer um planejamento financeiro. E é nessa fase que vamos te ajudar.

É importante que você procure uma agência que ajude você em todo o processo, mas saber a média de valores gastos antes da viagem, durante e talvez até após viagem (se for o caso de gastos no cartão de crédito) ajudará você a se programar e aproveitar ao máximo essa experiência  — além de não ficar no vermelho.

Curso

O curso de idioma geral que abrange todos os níveis do idioma e aborda o vocabulário geral para interagir no dia-a-dia, costuma ser o curso mais procurado entre os alunos  — e também o mais barato.

O valor semanal é a maneira mais fácil de calcular o valor de seu curso, porque a maioria das escolas divulga os valores dessa forma. Sendo assim, pense em quantas semanas pretende fazer o curso e faça os cálculos.

Lembre-se que as escolas podem cobrar (ou não) taxas de matrícula, material, taxa para envio de visto de estudante e suplemento de verão. Mas não se preocupe, os valores dessas taxas costumam ser baixos e fixos. Abaixo alguns valores de cursos, para que você tenha uma ideia.

Inglês Geral

Espanhol Geral

*Valores válidos para 2019 (entre em contato conosco e confira os valores atualizados).
**Todos os valores são de escolas certificadas por associações que inspeciona e garante a qualidade estrutural e ética dessas escolas.

Acomodação

As acomodações podem ser disponibilizadas pela escola ou o estudante pode procurar separadamente. As acomodações disponibilizadas pela escola geralmente são homestay (casa de família) e/ou residências estudantis. Esses tipos de acomodações costumam ser mais baratos que hotéis, por exemplo.

A vantagem de uma acomodação homestay é que muitas opções já incluem café da manhã e jantar (half board) – o que faz diminuir as despesas. E, embora nenhuma residência estudantil disponibilize refeições, sempre há uma cozinha disponível.

Abaixo são alguns preços médios de acomodações oferecidas por escolas.

*Valores válidos para 2019 (entre em contato conosco e confira os valores atualizados).
**Todos os valores são de acomodações oferecidas pelas próprias escolas no exterior.

Transporte

O primeiro transporte (transfer) a se pensar, é o que levará você do aeroporto até a sua acomodação. Não é obrigatório, mas de extrema importância se pensar que ao chegar ao país você não estará acostumado com o ambiente novo.

Os valores de transfer variam muito de país para país. Na América do Norte pode chegar a custar 90 dólares canadenses ou 120 dólares americanos. Na Europa pode custar a partir de 150 euros. E na Inglaterra pode custar cerca de 130 libras esterlinas.

O transporte de ida (one way) ou ida e volta (round trip) do aeroporto, pode ser solicitado antes de viajar por meio da agência a qual você contratou o intercâmbio.

Já o transporte diário, vale uma pesquisa sobre o transporte público na cidade aonde viajará  — mas as escolas sempre orientam os alunos a comprar passes mensais ou semanais de acordo com a duração de seu curso.

Um passe avulso diário, em regiões como Irlanda, Canadá e Austrália vão de R$8 – R$12, dependendo da variação cambial. Apesar disso, vale mais a pena comprar passes de maior duração. Em Londres, por exemplo, os alunos podem comprar um Oyster card.

Seguro Viagem

O seguro viagem é um dos itens mais baratos da sua lista e de extrema importância. Uma pesquisa entre diferentes coberturas em diferentes seguradoras, podem ajudar a não sair caro esse item quando (e se) você precisar acionar o seguro do exterior.

Os valores de seguro para 30 dias, por exemplo, pode custar 140 dólares americanos com coberturas que vão até 60 mil dólares. Os países europeus que fazem parte do Tratado Schenen, definiram uma cobertura mínima que todo estudante estrangeiro em país europeu deve ter, pelo menos, 30 mil euros de cobertura.

É importante conferir se o país de destino exige alguma cobertura específica para estudantes e se a escola oferece seguro. Os seguros oferecidos pelas escolas são, de modo geral, bem básicos e baratos. Vale verificar opções com várias coberturas antes de viajar. Seguro emitido no Brasil só poderá ser emitido até a data da viajem.

Turismo/Compras/Alimentação

Os gastos gerais durante sua viagem devem ser calculados com valor diário. Por exemplo: em um dia na Irlanda você deverá somar o gasto com 3 refeições diárias por dia (se não optar por acomodação em casa de família), transporte de ida e volta do curso, turismo e compras gerais, e multiplicar pela quantidade de dias que irá ficar lá. Consequentemente irá levar mais dinheiro que o necessário e isso ajudará muito se surgirem imprevistos.

Pesquise os preços da região de destino e faça as contas. Você não irá se arrepender quando sua viagem estiver acabando e sobrar uma boa quantia para aquele item ou evento que você queria tanto.

Passaporte e visto

Caso você ainda não possua passaporte, o valor para emissão do documento é de R$ 257,25.

Fique a tento a legislação de cada país sobre validade de passaporte, pode ser que você tenha que fazer a renovação. Na Irlanda, por exemplo, e em vários outros países a regra também é essa: o passaporte deve ser válido por pelo menos 6 meses.

Já o visto é a parte mais delicada desta lista. Por conta de toda burocracia e possibilidade de ter o visto negado, recomendamos que entre em contato com uma agência de vistos.

Geralmente, os valores de visto de estudante para o Canadá é $150 CAD e para os EUA são $160 USD. Mas se você já tiver um visto válido para os EUA (lembrando que os mesmos voltaram a ter validade de 10 anos) você pode obter online o eTA (eletronic transit visa), que custa apenas $7,00 CAD e você só pode entrar e sair do Canadá via aérea. Veja mais sobre vistos aqui.

Passagens

A compra das passagens deve ser feita após já ter o passaporte e visto prontos. O recomendado é fazer a compra das passagens alguns meses antes do início do curso.

Pesquise sites confiáveis e que possuem promoções. Se você tiver flexibilidade de viajar, analise as baixas e altas temporadas do país de destino. Períodos de baixa temporada costumam baratear os cursos, acomodações e passagens.

Passagens de ida e volta custam em média R$2500 para o Canadá, R$6000 para a Austrália e R$3.500 para a Irlanda.

Lembre-se que são apenas dicas e ideias gerais sobre valores. É importante destacar que, os valores dos cursos são diversos e variam conforme seus objetivos, gostos e padrão de vida. Sempre consulte sua agência para obter valores exatos.

Gostou das nossas dicas? Entre em contato conosco e saiba mais sobre os valores de intercâmbio.

guia-intercambioPowered by Rock Convert